29 de jan de 2013

Chega de tragédia...

Hoje de manhã, bem cedinho, vi a notícia de um acidente na avenida paralela em que teve mais uma vitima fatal. Até aí, se é que posso dizer assim, "tudo certo"... A paralela é mesmo muito perigosa e o tempo inteiro acontecem essas fatalidades. Mas quando é com alguém tão próximo a nós, a coisa muda de figura.

Cheguei no escritório, achei que seria mais um dia normal de trabalho e meu pai me liga e antes de qualquer coisa, me dá um verdadeiro discurso ao telefone:

"Emanuela, minha filha! Você não está vendo como esse mundo está? Você não entende quando eu e sua mãe ficamos preocupados com você, Você não está vendo, as coisas estão acontecendo bem na nossa cara, minha filha!"

Fiquei atordoada, me perguntando o que tinha feito de tão errado, pro meu pai, homem tão sereno estar naquele estado de nervos, foi quando enfim ele me disse que a menina que morreu no acidente, era Marcelle, a filha de um grande amigo dele do trabalho... Entendo o desabafo do meu pai, ele se colocou no lugar e pensou que ele tem uma filha da mesma idade dela em casa e ficou realmente, muito comovido, sofreu e sofre como se tivesse sido a filha dele... De repente, vem aquela história... o lado de ser mãe... e maior do que isso, de ser mãe e de ser amiga. Não eramos muito próximas não, nos encontrávamos em um evento ou outro da empresa, conversei algumas vezes com ela e ela sempre me pareceu ser uma pessoa ótima, inteligente e cheia de disposição de vencer. Sempre me perguntava sobre como ia a minha companhia e dizia que ainda iria arrumar um tempinho pra fazer algum tipo de dança.

Não deu tempo... por uma razão, que ninguém consegue explicar, a não ser Deus, Marcelle foi ter com Ele um pouco mais cedo, de forma precoce. Desculpa, gente... mas tem coisas que eu não consigo entender, eu não consigo compreender o por que? Eu sei que Deus tem um plano pra todos nós... Mas não acho justo uma pessoa jovem com um futuro inteiro pela frente ser tirado de cena assim... Não consigo compreender o por que de uma mãe enterrar um filho. Por que? Não é o certo. Nem anos de terapia vão me explicar...

Bem, o que eu peço a vocês, é que se puderem, antes de dormir, peçam a Deus pra confortar essa família que hoje sofre a perde de uma filha, de uma irmã... E que Marcelle seja bem recebida e acolhida na sua passagem pro outro plano.

Vai com Deus, Marcelle!!!

Bjs,

Manú do TAP!!

26 de jan de 2013

Preconceito, até quando Grande Rei? Até quando??

E aí que eu comentei sobre um vídeo absurdo que assisti e vem uma ignorante preconceituosa e me fala isso:

"Não a toua que voçe é uma mãe solteira
vejamos como voçe precisa de Deus!!"

Não é a toa que você seja tão burra e limitada não é mesmo? Nem usar acentuação e gramática você sabe... Sou mãe solteira sim, e não me envergonho disso, querida; Tenho certeza de que o Deus que atua na minha vida e da minha filha é diferente do seu, porque o meu Deus não é esse que vocês pregam, o Deus que eu tenho fazendo verdadeiros milagres em minha vida, não me olha diferente por eu ser mãe solteira, Ele me ama desse jeito... 
Assim como deve amar você, mesmo sendo uma burra, limitada e preconceituosa!
Falar que sou mãe solteira como se fosse doença... doença é essa sua que te faz achar que é melhor do que eu apenas porque eu não me casei, apenas porque eu sou MULHER O SUFICIENTE pra não querer pra mim um casamento falido e nem querer ser submissa, porque eu sou dona da minha vida e dos caminhos que quero seguir... Você me dá além de nojo, muita pena. O Deus que eu acredito não se importa se o Seu filho é gordo, magro, negro, branco, pobre, rico, gay ou heterossexual, mãe solteira ou não... Deus é amor, apenas isso, AMOR!!!
Vivo a minha vida baseada nos ensinamentos Dele, educo a minha filha dentro dos ensinamentos Dele....A fé que tenho em Deus e em Maria de Nazaré é inabalável... Então, querida... Aproveita que você tá aí alienada e deve ser uma pessoa bem submissa e infeliz e vai pedir a Deus que tire de você esse preconceito ridículo e desnecessário do seu coração! Ignorante! Em pleno 2013 e ainda existe gente que acha que mãe solteira está a margem da sociedade. Sua babaca!!

NÃO TENHO PACIÊNCIA COM GENTE PRECONCEITUOSA!!!!

22 de jan de 2013

Oie!

Oi meninas!

Tudo bem com vocês? Estou de volta... meu note resolveu dar um piriri aqui e fiquei esperando o técnico vir aqui em casa arrumar ele pra mim e só hoje consegui solucionar tudo. Graças a Deus!!!

E também fui passar alguns dias em Aracajú, conhecer a cidade e o Pré-cajú, que por sinal, é ótimo! A festa tem mais policial do que folião da rua e acreditem se quiser... tem revista pra entrar no circuito e as pessoas, nem na festa jogam latinha no chão. Isso sim é desenvolvimento. Baianos deveriam aprender com eles.

Confesso que no início estranhei um pouco a cidade e até achei que não ia gostar, mas depois me apaixonei e já marquei o retorno pro carnaval. Isso, deixarei o carnaval de Salvador pra ir a Aracajú. Mas o motivo é sempre válido!!! :D

Agora vou começar a frequentar mais aqui e tenho vários assuntos pra discutir com vocês. Mas, por enquanto, deixo aqui o meu beijo e saudades! :D

Eu e o querido na praia de Atalaia, onde ele mora!!! Lindo!



13 de jan de 2013

Crescer dói...

Essa semana, o pai de Malú veio trazer ela em casa, depois de uma semana na casa dele e ficamos conversando os três um pouco. Entre uma brincadeira e outra, falávamos sobre a idade em que Malú teria seu primeiro namorado. Ele, pai ciumento e que já aprontou muito e tem uma filha belíssima que é, disse que o combinado seria aos 30 anos. E ela, espertinha que sempre foi, disse que seria aos 16 anos...

Aos 16 anos, eu já a esperava em meu ventre, eu e o pai dela, mal nos falávamos, olhar na cara um do outro então, menos ainda. Não que eu eu deseje isso pra ela. Ela sabe muito bem as circunstancias que ela veio ao mundo e sabe que foi um descuido, mas um descuido muito, muito amado... O que eu estou tentando dizer aqui, é que o meu desejo é que o crescer pra ela, não doa tanto quanto doeu pra mim em algumas vezes...

Podia ter sido mais fácil? Podia sim, mas esse foi o jeito que Deus me ensinou a crescer e eu consegui, consigo até hoje, porque crescer nunca tem fim.

Mas voltando a conversa dos três... Ela falava do futuro dela com uma naturalidade tão grande, eu e o pai dela apenas nos olhamos com aquela cara de: "Deus nos ajude a realizar tudo o que ela almeja pra vida dela!"
Minha filha é uma menina tão especial, que os planos delas são coisas tão simples, ela é uma menina tão consciente da realidade dela, e ficamos eu e Diego, gratos por ter uma filha tão querida e especial. Porque pra mim, crescer doeu em tantos pontos, acredito que pra ele também, não sei, mas pra mim foi um leão matado por dia, nada pra mim veio fácil, nada caiu do céu.

Eu desejo tanto que minha filha não sofra com as maldades do mundo. Eu posso suportar a maldade humana, posso suportar qualquer tipo de traição, qualquer tipo de gente que se empenha em prejudicar o próximo, suporto de verdade, resolvo do meu jeito. Mas e quando for ela? Eu não vou poder interferir, mas também, não quer dizer que não ensine desde nova a se defender das maldades do mundo.
Mas eu espero, de todo meu coração, todo meu coração mesmo e trabalho pra que eu e Diego fiquemos unidos pra manter Malú segura e pronta pra enfrentar as diversidades da vida. E se tem uma coisa que ela sabe é que tudo o que a gente faz, de bom ou ruim tem consequencia. Não sei se estamos no caminho certo, mas a gente tá tentando.

Li esse texto num blog e resolvi compartilhar com vocês....



"Eu já quis ser artista, arquiteta, chef de cozinha, apresentadora de programa de TV, Chiquitita e já quis até mesmo ser um pônei. Estou falando sério.
Quando somos crianças, não há nada impossível. Vivemos num mundo criado por imaginação e desenhos da Disney, onde tudo pode acontecer. Quando somos crianças, nossa vida parece ter um caminho óbvio e repleto de alegrias, sem obstáculos. Afinal, aos 7 anos, obstáculo é ter que guardar os brinquedos depois da bagunça da casa de boneca ou enrolar a mãe pra não comer vagem na hora do almoço. Ou quando o cabelo da Barbie fica pixaim. Esse sim é um drama por qual todas as mocinhas-meninas já passaram.
Aos 7 anos, a gente tem certeza absoluta que vai casar com aquele menino bonito da classe. A gente acha que vai casar e formar família lá pro comecinho dos 20, porque “20 e poucos anos” parece uma idade bem “velha” quando temos 7 anos. Em nossas cabeças infantis, 20 e poucos anos é a idade em que deveriamos já estar casada com o Príncipe Encantado, uma criança pra criar e uma carreira sólida como artista de cinema, bailarina, cantora ou astronauta. Essas carreiras que a gente sonha em ter quando ainda não sabe nem o que é vestibular.
Crescer é uma armadilha. Aquela paixonite que você esquecia em 1 semana, passa a te dar dor de cotovelo durante meses; os relacionamentos ficam mais complicados e você descobre que não é tão fácil seguir carreira de astronauta. Crescer é uma armadilha, mas é também um desafio delicioso e com tantas mudanças que fica até engraçado lembrar do que queriamos ser quando “gente grande” e o que somos agora, que somos gente grande.
E você, o que queria ser quando crescer?"


Bjs,

Manú.

11 de jan de 2013

9 de jan de 2013

"Feliz é quem tem a paz de estar em par com Deus..."

Mas Deus é um danado, viu?

Não que eu alguma vez tenha duvidado do poder Dele e mais ainda do poder que Minha Mãe Maria de Nazaré tenha ao interceder por mim... Mas dessa vez, Eles capricharam, viu? Que benção de ano que está começando, que sorte eu tenho tido...

O trabalho tá deslanchando, cada vez aparecendo mais coisas boas pra mim, esse ano, farei literalmente, muita zuada com meus sapatos de sapateado. Tem muita parceria legal rolando pra esse ano, a preparação do espetáculo começando a acontecer, estou ansiosa pelo cenário, figurino, músicas, coreografias, de ver no palco... Vixiiii, não to nem dormindo? Sonho com alguma coisa e acordo no meio da noite pra anotar. To pilhaadaaa!!!!

Segunda começam as aulas para os alunos adultos da Etudes (Graça). Delícia... amo essa galera e espero reunir todos na mesma turma. Estou cheia de novidades e muito, muito animada.

Cortei meu cabelo que estava lá no meio das costas e a Malú também. Estamos as duas com o mesmo comprimento de cabelo, estamos nos sentindo toda. Ela, pra variar está infinitamente mais bonita do que a mãe dela... Além de ser muito inteligente e me encher de tanto orgulho.

Semana que vem vou pra Aracajú... só assim pra eu conhecer né? O Querido está lá, todo ansioso, fazendo mil roteiros pra gente, quer me levar pra conhecer um monte de lugares... Estou animada, mas se fosse só pra tomar um sorvete, eu iria também, sendo com ele, qualquer ida a padaria é programa.

Enfim, meninas... hoje eu to podre de cansada. Muita coisa pra resolver e nem deu tempo de fazer tudo... Adoro vir aqui contar a novidade a vocês e principalmente responder os e-mails que não param de chegar. Vocês são demais, viu? Muito obrigada! Continuem contando comigo, pra tudo!!!

Beijos,

Manú.

8 de jan de 2013

Graças a Deus!



Graças a Deus que existe a indiferença.
Graças a Deus que eu sou indiferente - quase sempre - a intolerância de alguns em relação as opiniões de outros.
Que alívio em saber que eu leio histórias absurdas e vejo graça.

Ufa!!



Oi mamães!!

Como estão todas vocês? Eu estou aproveitando muito as minhas férias... Malú essa semana foi com o pai pra passar uns dias com ele. O que eu acho ótimo e fundamental para os dois estreitarem mais a relação e pra mim que "descanso" um pouco... Ela tá meio dodói da garganta, fico angustiada mas sei que ela está segura e em boas mãos... apesar dos pesares, Diego é um pai extremamente cuidadoso com nossa filha e é bom também, ele sentir um pouco a dificuldade né? Só pega a parte boa! rsrs  Estou aos poucos, retomando a minha rotina, voltei intensamente a malhar, já estou enchendo a agenda com os compromissos da Cia pra 2013 e acreditem se quiserem, estou dando conta de recepcionar na clínica de estética da minha amiga Lorena...

Pois é, nunca atendi um telefone na minha vida, tão pouco sei como funcionam essas coisas, porém, não posso dizer não a um pedido de uma amiga que está com a clínica novinha e que eu tenho certeza que vai bombar!!!

Portanto, fica aí a dica, pra você que quer ficar ainda mais gata e mora em Salvador, procurem a Madame Chic Centro de Estética, que além de ser parceirona da Cia Baiana de Sapateado, está com uma promoção melhor do que a outra. E o melhor de tudo, quando você ligar pra agendar, pelo menos no mês de Janeiro, quem vai atender?? Euzinha!! rsrsrs
To amarradona, me atrapalho toda, mas as meninas lá são ótimas e o clima é maravilhoso, além do mais, trabalhar com minha amiga Lore, das antigas é sempre muito divertido. Estou amando e aprendendo muito. Fico sempre muito feliz quando vejo um amigo verdadeiro dando certo na vida e se eu puder ajudar então, melhor ainda, não é mesmo?

Interessadas? A clínica fica no Salvador Trade Center, Torre Sul, Sala 306... Informações e telefones bem aqui ...

Então, fora isso que to indo dá uma força pra essa amiga, to aproveitando as férias e me preparando pra ir a Aracajú visitar o meu Querido... Tanta saudade... Ai ai ai, não fala esse nome! Só de falar me dá uma coisa. rsrs

É isso meninas, continuarei vindo aqui pra dar um afago em vocês.

Beijos,

Manú.

3 de jan de 2013

Ainda sobre as férias...


Ganhei um amor e um filho lindo!!
Quanta beleza reunida!!!
Davizinho e Malú depois do parque indo comer pizza!!!

Muito feliz!!!!

Bjs,

Manú.

2 de jan de 2013

Vem, 2013...

Oi meninas, tudo bem com vocês? Porque comigo, tudo ótimo!!!


Ainda bem que 2012 acabou né? Ainda bem que no fim, o mundo não acabou e tudo deu certo e correu na mais perfeita ordem não é mesmo? Ainda bem que Deus existe né? Ainda bem...

Ainda bem que chegou 2013 e as esperanças se renovaram pra mim, pra vocês e pra todo mundo. Espero, de coração, que o Reveillon de vocês tenha sido simplesmente perfeito, assim como o meu foi e que tudo o que vocês almejam se concretize, seja lá o que for, desde que seja para o bem, né?

Desculpem não ter entrado antes para desejar feliz ano novo, mas é que recebi uma visita surpresa, mas muito especial da minha amiga Sininho. Trabalhou comigo no Plaza Itapema e veio passar uma semaninha comigo e a family toda. Oh que coisa boa? Foi muito especial... sempre bom reafirmar uma boa e sincera amizade. Porém, senti muito por não ter visto Carol, que é a minha melhor amiga no final do ano... Amanhã a gente vai se encontrar. Oba!!!
Sininho chegou e encheu a nossa casa e nossa vida de luz com o jeito que só ela tem. Pena que durou pouquinho e hoje ela já se despediu de nós. Agora, nosso retorno a Poços de Caldas na casa nova dela já está marcado. Estou ansiosa pra curtir o frio de lá! rs
Eu e Sininho no show da Daniela Mercury.

Aqui o Ano Novo foi muito especial. Sabe quem chegou? O querido!! "Ai ai ai... não fala esse nome!!" :D
E adivinha quem amou o Querido? Tia Sininho... pareciam até amigos de infância. Agora só falta Carol conhecer e aprovar não é mesmo?

Apesar de cansada, posso, agora, finalmente agradecer pelo ano que se foi, por tudo que alcancei profissionalmente, por todas as oportunidades que Deus me deu, fazendo o que eu mais amo que é dançar e dar aulas. Apesar de um contra tempo ou outro, posso afirmar com certeza de que 2012 foi um ano muito satisfatório, comparado ao desastre que foi 2011. E é aquela velha máxima né? A força do pensamento ajuda pra caramba. E a terapia também. rsrsrs (no meu caso).
Consegui emagrecer, não o que eu quero ainda, mas o suficiente pra ficar mais confiante. Sigo firme e forte na proteína. rsrsrs...

A turma toda reunida!!! Delícia!

Enfim, meninas... Quero desejar a vocês todas o melhor de tudo nesse ano que se inicia, saúde, paz, alegrias, força pra aguentar e superar as dificuldades e que se a coisa ficar realmente muito difícil, se pega com Deus que tudo vai se resolver. 
Desejo também, uma tonelada de amor pra vocês todas!!!!

Bjs,

Manú.