26 de jun de 2011

Entrevista....


Olá meninas!!

Vão me desculpando o passar da hora mas é que eu vi contar uma novidade. A um tempo atrás, eu dei entrevista pra um site da cidade de Bauru - SP, sobre ser solteira e mãe! Não falei nada antes porque estava esperando entrar no ar a matéria.

Bem, olha a matéria aí meninas, espero que gostem, tentei ser o mais sincera possível!



Um beijo imenso pra todas!!

Manu



15 de jun de 2011

Eu to de volta...


Hoje reestreei nos palcos depois de 6 anos afastada e foi muito, muito legal! Matei minha mãe e um monte de gente de orgulho!! E to muito, muito feliz. Nem to conseguindo dormir de tão a mil que eu estou, resolvi vim dividir isso com vocês meninas e dizer que nunca, eu disse NUNCA é tarde pra se fazer o que se quer e o que se gosta!!!!





O beijo,

Manu!

3 de jun de 2011

Férias??

Olá meninas, como vão vocês??

Sei que algumas mamães estão pra ter os seus nenéns, algumas já os tiveram e imagino como estejam feliz com essa nova fase da vida não é mesmo?

Eu estou de férias, meio forçada mas estou e hoje eu agradeço por ela. Primeiro porque passo mais tempo com a minha filha e segundo e não menos importante, porque eu pela primeira vez, parei e pensei. Pensei em tudo, em todas as coisas e em todo mundo! Exerci o lindo ato do perdão e pedi em oração, perdão a um monte de gente. Mas onde eu quero chegar com isso?

Seguinte:

Muitas e muitas vezes, nós nos vemos apegados a algo que além de não ter nos feito bem, não tem mais nada a nos acrescentar. Nós ficamos apegados naquilo, querendo, insistindo no que definitivamente não vale muito a pena. Dando valor a quem na realidade deveria dar valor a você, e a gente acaba de desvalorizando, se dando com a alma por algo que não vai nos fazer bem...

Quando postei o texto no último post, foi justamente por isso. Nós nos apegamos demais a bobagens, sendo que, temos que entender que algumas coisas na vida são passageiras, são uma fase, veio pra nos mostrar algo e vai embora. As vezes, sentir saudade de algo é melhor do que recordar com mágoa daquilo. Eu tive que ir um pouco distante pra entender isso.

Hoje, agora que coloquei a minha cabeça no lugar, descobri que o que eu fazia muito antes é o que realmente faz a minha cabeça. Que se deixei aquilo pra trás um tempo, foi necessário pra que eu pudesse ter entendimento e que eu voltasse mais forte pra lutar por isso. Se alguém vai perder com isso? Infelizmente vai, alguém sempre sai perdendo. Mas hoje, eu tenho certeza que isso que eu vivi nos últimos tempos foi uma fase na minha vida, fase de descoberta e de reencontro comigo mesma. E que agora, isso vai ser apenas um opcional pra mim, uma forma extra de viver.

Gente, eu não quero especificar no que estou falando, porque eu me refiro a questões de trabalho, mas acredito que esse texto vai servir pra cada uma de vocês de uma forma específica! ;) o importante, é ler com o coração e a mente aberta.

A conclusão disso tudo que eu falei aqui é que eu não sei como e nem quando e nem sequer de que jeito eu vou recomeçar, mas hoje eu sei exatamente o que eu quero e eu vou atrás disso.
A minha maior lição sobre mim mesma nessas férias, é que eu definitivamente não tenho medo alguma de recomeçar. E o que é a vida se não um eterno recomeço?

Estava com saudades do blog e de vocês...

O beijo,

Manu!


P.S Gente, to concorrendo ao top blog, se vocês puderem clicar logo alí ao lado, muito grata eu ficaria! Se votassem então, seria o máximo! Obrigada!!!!