25 de ago de 2010

Oie meninas...

E aí suas lindas, como vocês estão? Agora, enfim tenho tempo pra respirar, to ensaiando como uma louca viu? Mas estou amando tudo, fora o frio que eu nem comento porque não é de Deus. Mas tá legal, tá bacana.
Eu ainda to morando num hotel porque nem tempo pra procurar um apartamento com calma eu tive ainda, vocês imaginem o tamanho da loucura.

Ultimamente tenho recebido emails de meninas e mulheres que estão começando a viver a coisa da gravidez e sozinhas. Sempre me perguntam como foi a minha história e como eu aprendi a lidar com isso.
A verdade? É que eu nunca aprendi e não conheci ainda ninguém que tenha aprendido, também nunca disse que seria fácil, é difícil mesmo mas as escolhas meninas é única e exclusivamente de vocês e quem quiser que acompanhe e aceite ou não as escolhas de vocês. Se por acaso vocês decidirem por não ter o pai de seus filhos perto deles, paciência, se o pai escolheu isso, não adianta nada vocês irem contra a maré... Eu só sou a favor de brigar pelos direitos do seu filho, sempre e nunca, nunca falar mal do pai pra ele.

Mas e aí como lidar quando você pensa o tempo inteiro que aquela “boadrasta” não era tão boa assim? Quando você descobre meio que sem querer que ela usava a sua filha pra se beneficiar com a família do pai do seu filho. Pior, quando ela conta a maior vantagem pra você de que faz e acontece e você descobre sem querer que ela realmente faz e acontece mas quem paga a conta é o pai do seu filho? É dose viu meninas? É dose. O fato, é que não estou colocando em prova o que ela sente pela minha filha, acredito que ela gosta e muito e que elas tem uma relação linda... Mas eu não posso me conformar em saber que minha filha está sendo usada dessa maneira!

Apesar de tudo, torço pra que eles dêem certo e que se casem porque ela foi a única madrasta que serviu esse tempo inteiro, pelo menos a obrigação dela ela cumpre, que é tratar a minha filha muito bem. Não quero entrar numa de falar mal dela sabe? Eu só estou mesmo desabafando com vocês. Fora isso, quero dizer a vocês que é preciso muita paciência nesse momento porque é muito difícil mesmo lidar com isso, não vou dizer que é fácil porque é ilusão pura.

Queria continuar contando as últimas histórias mas agora preciso mesmo me deitar porque to mooortaaaa!!!!

Amei vim aqui falar com vocês, tava morrendo de saudades.

Um beijo

Manu

P.S Meu email pra contato é emanuelajuliao@ig.com.br caso tenham pessoas que não queiram se expor nos comentários aqui tá?

24 de ago de 2010

Ufa...





Enfim me sobrou um tempo pra vim aqui com calma falar com vocês minhas queridas. Quero que saibam primeiro que eu tenho lido cada comentário só que só pelo email porque a vida tá confusa ainda. Eu acabei de me mudar pra São Paulo, ainda estou morando em hotel e sem tempo até pra procurar apartamento. Quero dizer também fico muito feliz em poder ajudar cada uma de vocês, sei que estou muito ausente mas que quem chega aqui e lê os posts se identifica e conversa comigo... Obrigada mesmo pela confiança. Mas olha, é tanta coisa que eu tenho pra contar aqui pra vocês, cada experiência que realmente só com tempo. Agora to na loucura de ensaios e shows.

Amanhã é um dia folgado, prometo tirar um tempinho pra vim aqui começar a atualizar vocês... No mais queridas mamães, novas e veteranas, um beijo enorme meu e... TAMOJUNTO!!!

O beijo,

Manu




Morta com farofa!!!