27 de dez de 2012

Ai ai... essa minhas férias!!!

Malú, minha amiga Sininho que veio nos visitar de Poços de Caldas...
A vida tá difícil, tá sofrida mas nós vamos conseguir...
Agora só falta o querido chegar. Ai ai... ansiosa!!!

Bjs

25 de dez de 2012

Feliz Natal!!!


Oi meninas queridas! Tudo bem?

Esse post na verdade é só pra desejar, apesar de tarde um Feliz Natal e eu espero de coração que o Natal de vocês tenha sido tão especial quanto o meu. 
Esse ano, como já tinha dito, meus irmãos vieram e passamos, depois de 4 anos, todos reunidos. Severina e Robertão, passaram uma semana organizando isso, ficaram extremamente felizes e eu também. Fora que a conversa é sempre boa, relembrar os velhos tempos, a infância feliz no Vale dos Lagos e tantas e tantas aventuras. Demos boas risadas.

Na ordem: 1 2 e 3

Junior o paizão, Felipe o desligado e eu o furacão, ligada no 220... É tão bom ter irmão né? A gente só reconhece isso depois que cresce, apesar das brigas e dos defeitos, saber que você tem com quem contar na falta dos seus pais é reconfortante demais. 
Felipe, pra variar, sempre relembrando o quanto eu fui uma criança chata e mimada... Das dancinhas que eu e Janaína fazíamos em casa, confiantes que ninguém estava vendo, ele também escutava nossas conversas sobre namoradinhos e etc... Ouvido tuberculoso. hahahahahaha...
Junior que não deixava ninguém nem falar comigo na rua. Namorado então? Sem chances... mas ainda assim eu consegui driblar ele. hahahahaha...

Natal da família Julião!!!

Enfim, meninas... o meu Natal foi muito bacana. Malú não estava cabendo em si com a presença de Papai Junior e Titio Felipe em casa, como eu já havia contado. Espero de coração que o Natal de vocês tenha sido maravilhoso e que reacenda no coração de todas vocês o espirito de paz, amor e união em família. 

Bjs,

Manú.



23 de dez de 2012

Excelente texto!

Voltei, meninas! Li esse texto do querido Teago Oliveira e decidi dividir com vocês. Acho que cabe em qualquer lugar e em qualquer época do ano um pouco de discernimento e um pouco menos de auto-vitimização, não é mesmo? Espero que curtam!! 

"Acho que a liberdade plena de expressão, no Brasil, nunca foi tão moralmente ( e talvez intelectualmente ) censurada quanto hoje. Atente para as aberrações sociais, hoje qualquer pessoa pode ser alvo de acusações de homofobia, racismo, machismo e etc. por qualquer comentário que perpasse, de raspão, essas idéias. 

É como se, com a evidente aceitação das classes discriminadas pela sociedade, tais classes tivessem ficado paranóicas a ponto de controlar todo e qualquer comportamento que possa, em uma dentre inúmeras interpretações, atingí-la. Ainda que sem intenção. É como se estivéssemos restritos a eliminar culturalmente palavras e comportamentos que são hodiernos e que não conotam, com qualquer boa vontade de interpretação, qualquer desses sentimentos discriminadores. 

Quem mais tem sofrido com isso é o humor, que é vítima do senso de hipocrisia coletiva que a internet também traz. Hoje é socialmente inaceitável achar engraçado piada sobre gay, negro, gordo, loira, mulher e tantas outras coisas, por motivos óbvios, porque te faz se sentir um nazista. Ora, achar algo engraçado é totalmente situacional. Você não pode ser escolher o que achar engraçado assim como você não pode escolher em que parte do seu corpo você vai sentir cócegas ou não. Tudo é uma questão de como tratar essa situação.

Bem longe de apoiar o tal Rafinha Bastos (da infeliz hitória do bebê que achei de uma falta de senso enorme), mas fico desconfortável em ter que me policiar e me educar forçosamente pra ser politicamente correto em situações onde o preconceito é visto dentro de um imaginário criado de uma forma muito convencional.

Não estou dizendo que não existe preconceito, mas, sou baiano, e chamo os outros de "negão" e "viado" em algumas ocasiões, como muitos outros por aqui e perdoe se isso é falta de educação. São exemplos clássicos de tratamentos paradoxalmente carinhosos entre amigos, até. Em nenhum momento estou justificando que é certo tratar alguém assim, mas ao chamar um negro de "negão" não estou apontando pra ele a cor dele em detrimento da minha, que é branca. Jamais passaria perto disso. Muitas vezes, tal termo conota agradecimento: "Valeu negão". Não gostaria de ser julgado como homofóbico por chamar alguém de viado sem que exista uma interpretação que justifique um preconceito. Ninguém é obrigado a aceitar ser chamado por algo diferente do nome, mas as pessoas não podem acusar alguém de preconceito pela interpretação literal de um termo. É se utilizar de vítima, ao invés de adotar uma postura mais madura e, quem sabe, sair por cima ao esclarecer ao ofendendo em como se portar em algumas situações. Na minha visão, é assim que a coisa vai pra frente. Quanto mais se enxerga e se busca enxergar o preconceito, mais ele vai existir."



Amo o Natal!!!

Oi meninas! Tudo bem com vocês?

Está chegando o Natal, hein? Amo, amo e amo essa data! Renovação da vida, nascimento de Jesus Cristo! Eu falo muito pouco sobre religião, Jesus Cristo, Nossa Senhora, apesar de eu ser muito devota a Nossa Senhora de Nazaré... Porque eu acho que isso é muito intimo sabe? Minha relação com Jesus é tão pessoal que eu acho que não cabe a mais ninguém.

Aqui em casa, apesar de todo esse encanto do Papai Noel, que pra Malú é super importante, é lembrado principalmente o real sentido da comemoração do Natal, que é o nascimento de Jesus Cristo, o Salvador. Sempre me recolho e faço uma oração pra que ele renove nossas vidas e una ainda mais a mim e a minha família. Dê comida aos que tem fome, abrigo aos que não tem teto, água para quem tem sede.

Aqui em casa está uma farra danada... Meus irmãos chegaram, cada um de suas respectivas cidades e a conversa rola solta. Tudo bem que prometeram que hoje não dormiriam... dormiram todos! Bando de velho cansado! hahahaha
Malú não está se aguentando de tanta alegria em ver o papai Junior e o tio Felipe em casa. Tá igual pinto no lixo... meu pai então, nem se fala!!!

Enfim, meninas... não vou me estender muito, vim aqui apenas pra desejar a todas vocês um Natal repleto de amor, fraternidade, união e que vocês possam estar junto com os seus e que seja realmente uma Noite Feliz. Deus abençoe a todas, suas crias e suas famílias!!!!

Beijos de todo meu coração,

Emanuela Julião.

19 de dez de 2012

Esses absurdos...

Olá meninas! Aqui estou eu de novo. Como estou de férias, comecei a pesquisar blogs sobre o nosso tema, coisa que sempre faço. Confesso que me sinto feliz em ver tantos blogs legais, lembro que quando comecei o meu, era apenas o meu mesmo, não tinha acesso a tanta informação. Mas também, tem muita gente irresponsável, afim de conseguir pessoas para trabalhos desses de vendas, com essa promessas de dinheiro rápido e fácil, vendendo pela internet. Eis que vejo um blog chamado

Pensei comigo: "Nossa, que bacana, uma associação para a troca de experiências e informações!"
Mas não... é com esse texto, que é apenas uma parte dos absurdos de um texto imenso que eu li, que eles esperam conseguir pessoas para trabalhar pra eles. 

As pessoas brincam mesmo né? Que coisa feia!!!


"A mãe solteira é uma das pessoas que mais sofrem sobre a face da terra. Sonhou com as promessas do namorado de que iriam casar e teriam um lar feliz. De repente, vê-se grávida. O namorado não assume e some. 
Sozinha, os pais decepcionados, abandonada de todos, está entregue a um destino triste. Estragou sua vida, a vida do filho que vai nascer e a vida dos pais que nunca desejaram que tal acontecesse. Em casa ela se sente um empecilho. Na sociedade, ela não sabe se vai com as moças ou com as casadas. A mãe solteira não sabe a que classe pertence.
Sente que provavelmente não vai casar. Os solteiros não a querem. Os viúvos, ela não os quer. É jovem e vê-se, de repente, com uma criança no colo que não sabe cuidar. Precisa trabalhar na fábrica ou na roça, precisa estudar e, ao mesmo tempo, tem que ficar em casa cuidar de seu filho.
Quando um rapaz se aproxima e se mostra interessado, surge a dúvida: Será que ele tem boas intenções ou é mais um que mente? A sociedade a aponta como leviana, vagabunda, perigosa, "um pequeno demônio", e a isola."



Vocês também concordam com isso? Se sentem um empecilho, vocês realmente se sentem tão sofredoras? Porque sei lá, achei meio exagerado a forma de colocar. Sei que existem histórias e histórias, mas tratar esse tipo de coisa como uma verdade única e geral. Tantas mulheres que deram e dão a volta por cima todos os dias. A sociedade é preconceituosa? COM CERTEZA!!! Mas isolar é um pouco demais. Trabalhar na fábrica ou na roça? Existe sim, mas não são todas... Acho que tem que se ter cuidado ao generalizar as coisas.

E vocês, o que acham??

Comentem aqui, por email (soumaesolteirasim@gmail.com), na nossa página do facebook, clicando aqui .

Beijos,

Manú.

Enfim, férias!!!!


Olá meninas queridas!!!

Como estão todas vocês? Espero que tudo bem! Quero desde já, pedir desculpas pela demora em responder os e-mails de vocês. Espero que as que eu respondi, possa ter ajudado de alguma maneira.
Mas agora... estou oficialmente de FÉRIAS!!!! Obaaa!!!!

Depois de todos o stress de ensaios, aulas, correria de espetáculos de final de ano, parei e descansei. Confesso que estou sentindo um pouco de falta. O corpo apesar de estafado, estava acostumado a fazer muitas coisas, agora é só academia (que eu amooo) e mais nada. O que é bom que eu estou tendo tempo pra minha filhotinha, apesar de estar dividindo ela com o pai, afinal, ela também está de férias e ele está aproveitando pra ficar mais tempo com ela. 

Estou também pilhada, trabalhando com as coisas já pro ano que vem da minha cia de sapateado, como vocês já sabem, fora que estou com meus horários pra 2013 praticamente fechados. Amanhã tenho minha última reunião com a última escola pra fechar de vez. Ano que vem vai ser corridão mas eu to mega feliz. Sinal de que o meu trabalho está sendo reconhecido e está dando super certo.

Acima é a foto da apresentação do Ballet Louise Sande, escola que amo e que danço desde pequenina. Tem ano que é difícil, mas sempre dou um jeito de dançar nem que seja uma coreografia pra Tia Lú. Esse ano prometi uma e acabei dançando cinco. Quase fiquei looucaa!! rs Mas no fim deu tudo certo e foi maravilhoso. Emoção e realização do início ao fim. Agora já espero ansiosa por 2013 pra começar a correria toda de novo. Ai ai... amo!!

Não quer dizer que todos os dias não pense em vocês e venha dar aquele afago por e-mails. Vocês aquecem meu coração com tamanho amor e consideração, meninas. Vocês são fantásticas. Esse ano de 2012... Quanta coisa boa, viu? Quanta coisa maravilhosa. Ainda não foi 100%, mas foi um ano de muitas vitórias e realizações profissionais e pessoais.

Bem, agora que tenho mais tempo para vocês, me escrevam... Quero só lembrar que nosso e-mail pra contato mudou. O nosso e-mail pra contato agora é:

soumaesolteirasim@gmail.com

Observação importante: Queridas meninas, infelizmente eu não adiciono mais ninguém no meu perfil pessoal no facebook, porém, para mantermos ainda mais contato, meu grande amigo Anibal, criou uma página do nosso blog no facebook, na qual eu cuido pessoalmente também. Portanto, podemos nos comunicar por lá também, basta clicar aqui e curtir a nossa página. Mandar mensagens, curtir nossos posts, nos dar idéias para postagens. Enfim... a página é nossa! Sintam-se a vontade.

Amei esse tempinho aqui e logo estarei de volta.

Saudades mil,

Manú.

Bjs


17 de dez de 2012

Deus tenha misericórdia dessas pessoas!!



Eu vou deixar os comentários sobre essa pataquada pra vocês. Porque olha, eu estou muito constrangida com por essas pessoas. Nunca escutei tanto absurdo em toda a minha vida.

De fato, acredito que devemos honrar os nossos maridos, noivos, namorados nesse sentido de esperar a chegada dele, ficarmos perto dele, fazer as vezes de família, Dar a devida atenção, afinal, nenhum relacionamento dura se isso não existir. Acredito nisso como um dos motivos para o sucesso de um casamento e de uma família. Mas nunca, jamais, em tempo algum deixar de ir atrás das coisas que eu almejo profissionalmente. Ser uma profissional bem sucedida, não faz de mim e nem de ninguém menos mulher para ser esposa. Por favor, isso é ridículo e descabido demais. Conheço mulheres, amigas minhas que são bem sucedidas em suas profissões e são excelentes esposas e mães, dedicadas e vivem um casamento cercado de muito amor.

Agora vim dizer que os meus pais fizeram errado ao me ensinar a ir atrás dos meus objetivos profissionais, bem como de estudos, viagens, comprar o meu próprio carro, não depender de ninguém? RIDÍCULO!

Meu pai sempre me disse: "Emanuela, nessa vida dependa de mim pra sempre mas não dependa de homem nenhum! Porque eu sou seu pai e a mim você nunca vai dever nada... enquanto eu viver a minha obrigação, o mínimo que eu posso fazer é te ajudar."

E eu penso sempre assim... e isso é um homem que me diz, um homem que tem uma esposa que SEMPRE trabalhou, que quando ele esteve desempregado e quando adoeceu, segurou as pontas sozinha, honrou nossa dividas e continuou sendo a esposa dedicada e que sempre o honrou. O mundo mudou, minha gente... não existe mais espaço pra esse tipo de pensamento provinciano. 

Passamos anos lutando contra o direito de igualdade, pra conseguir um lugar no mercado de trabalho, pra essas malucas que não pensam direito dizer que uma mulher que alcance o prestigio profissional não conseguirão arrumar um homem de bem, pois, só encontrarão homens espertos para se aproveitar delas.

Olha, minhas amigas... a gente realmente vai morrer sem ver tudo.

Claro que, essa é a minha opinião, se alguém concorda com tamanha desfaçatez é um direito que lhe assiste, porém, acho muito, muito absurdo e mais absurdo ainda ver tanta gente alienada assistindo e acreditando nisso. Nojento, estou envergonhada.

Bjs,

Manú.

9 de dez de 2012

5 quilos a menos depois...

Olá meninas queridas!!

Eu sei, eu sei... estou muito sumida. É que a vida tá complicada, terça-feira é o último espetáculo das escolas em que faço parte e dia 13 estou finalmente de "férias"! Dou aula em 3 escolas e danço em outra, fora a minha Companhia. Ou seja, tá corrido pra caramba. Face é pelo cel, twitter é pelo cel, porque to na rua o tempo inteiro. rsrs

Não vou agradecer ainda pelo ano que se encerra porque muita coisa boa ainda está pra acontecer. Não posso reclamar de 2012, foi de longe melhor do que 2011, de loongeee... rsrs

Eu vim aqui na verdade falar sobre a minha Dieta da Proteína. Confesso que nunca acreditei muito nela, mas, como infelizmente, Deus não me presenteou com uma boa genética e me manter em forma é sempre muito sofrido, voltei a nutri e ela me receitou essa dieta. Consiste no seguinte: 0 carboidrato. Claro que, como eu me exercito muito, dou aulas de dança, malho muito e essa dieta pra quem se exercita é perigosa, ela me librou uma fatia de pão integral uma hora antes de qualquer atividade física. Mas, olha minha gente, não é fácil pra mim...

Primeiro que eu ADORO comer, aliás, todo mundo gosta de comer, mas eu gosto mais que todo mundo. hahahaha... Daí já viu né? Porém, estou bem disciplinada e vou dizer a verdade... nos primeiros dias eu passava mal, ficava meio tonta mas a minha médica disse que é normal porque ela é meio desintoxicante e o organismo está se liberando do vício do carboidrato. Muito louco isso, né? Mas é fato!!
Agora me sinto super bem, 20 dias e eu já perdi 5 quilos. Isso até o dia que eu me pesei que foi no início da dieta, já tem mais de 15 dias que eu não me peso. Não curto ficar pesando se não eu me acomodo. rs

E confesso que hoje me sinto bem melhor... Como e me sinto satisfeita, sem aquele peso horroroso de quem come carboidratos. Não sei mais o gosto do arroz, do macarrão, pão normal e por incrível que pareça, não sinto falta nenhuma. Porém, sinto muita, muita falta mesmo de comer batata. Batata gratinada, batata-frita, purê de babata, carne de panela com batata. Eu tenho saudade de comer BATATA!! rsrsrs

Tem dias que eu fico também extremamente mal-humorada, o que me salva é o pão integral que me deixa mais alegrinha. Confesso que minha mãe tá no meu pé e me apoiando muito, aliás, todos em casa estão de dieta. E o meu querido também está me ajudando pra caramba e sempre que eu falo: "Vamos comer sushi?" Ele fala: "Sushi tem arroz! Vamos num natureba!"
Ótimo ele né? De vez em quando ele podia ser meu cúmplice. Mas não reclamo, enfim encontrei alguém que me apoia e não me tira do meu foco!! ai ai...

É isso meninas, a dieta da proteína funciona sim, mas é sempre bom procurar um médico pra que ele te indique o melhor caminho pra que você a faça, porque não pode passar de um mês, ok?

Um beijo e estou morrendo de saudades de vocês.


5 quilos a menos... já foram tarde, queridos!!! :D

Bjs,

Manú.
Obs: Tia Beyoncé, DIVA pra vocês terminarem o domingo na dignidade e batendo cabelo!!! rsrs