26 de set de 2012

Olá!

Não queria, de verdade, usar meu blog pra me manifestar sobre essa sujeirada que tem rolado nos últimos dias aqui. O que acontece é o seguinte: Existe um blog, da atual namorada do meu ex-namorado ( do século passado), que depois de muitas e muitas brigas, geradas pelo próprio (no século passado também), haviamos de alguma maneira dado uma trégua! Ela encontrou o Deus dela lá e resolveu se desprender dessas bobagens. Como eu também estava nessa mesma vibe, resolvi deixar pra lá, lembro nitidamente de trocarmos votos mútuos de felicidades uma a outra.

Enfim, nos últimos tempos, essa moça, resolveu rebater tudo o que eu escrevo aqui. Óbviamente, que ela nega veemente, vai saber por que? Sendo que, não me lembro de hora nenhuma negar que entrei no blog dela. O que aconteceu, quando numa pesquisa, que faço praticamente toda semana sobre o tema que discuto aqui, apareceu um post dela falando sobre ser "contra" quem se diz Mãe Solteira com orgulho... E blá, blá, blá, toda essa baboseira "pré-conceituosa!"

Pronto! Rebater isso, foi o suficiente pra que essa mesma moça praticamente retrucasse tudo o que posto aqui. Pra se ter uma idéia, uma foto minha, onde aparecem umas manchas brancas no meu cabelo, essa pobre moça resolveu falar sobre as minhas caspas no blog dela. Só que sempre, nada direcionado, porque ela JAMAIS entraria aqui. Entrou um dia só e viu TUDO o que escrevo pra ela.

Até aí, tudo bem, sabe? Quer falar, fala... cada um faz o que acha que deve da sua vida. Achava até graça dessa "pré-ocupação" até com as caspas do meu cabelo. Fiquei sem entender e comentei aqui que realmente não entendia o por que? dessa moça voltar no tempo e recomeçar essa palhaçada de novo. O fato é que eu comentei no meu twitter (e não nego nunca), que estou desde 1987 rendendo pauta para blog alheio (o que está provado que não é mentira)...

Foi uma das gotas d'águas, pra essa moça esquecer do seu Deus e subir um post pra mim com palavras esdruxulas, de baixo escalão, me acusando de um crime no qual ela não tem provas concretas que cometi. Quando tinha 15 anos, a minha família foi despejada de uma apartamento que era nosso, no bairro que essa moça mora ou morava, sei lá... A razão disso? Não cabe a ninguém, tão pouco a ela que nem me conhecia. Não sabe mesmo ela se foi falta de pagamento, sequer nunca me perguntou. Simplesmente, nesse mesmo post ela disse a seguinte frase:


E isso é só a ponta o iceberg. Pela milésima vez, essa moça se sente no direito de me julgar enquanto mãe, baseado no que falei uma vez que logo no início da minha maternidade, Malú chorava demais, meu pai pegava ela no colo e eu chorava logo em seguida! O que eu também, nunca escondi de ninguém. E essa moça se refere a essa situação da seguinte maneira:
Quer dizer, né gente? O que esperar de uma pessoa dessa? Só que a maternidade venha a ela com todas as glórias e dificuldades também, pra vê se ela sim, aprende e entende o tamanho da baboseira que está falando.

E isso é só a ponta do iceberg, de verdade! A outa acusação, eu não postarei porque é um direito meu e ela me acusa de algo no qual ela não tem provas, que fica caracterizado como calúnia, difamação e injúria. Fora a parte das ofensas, no qual ela me manda tomar naquele lugar. Enfim... um verdadeiro show de horrores!

Obviamente que eu não colocarei o link dessa fofa aqui, porque o que ela quer, visivelmente é pelo menos a metade de acessos que eu tenho, além do mais, não to aqui pra propagar blog "pré-conceituoso" e de gente sem noção do que diz. Além do mais, como estou acionando meu advogado, já que, estou cansada de ser acusada por essa moça pela milésima vez pela mesma coisa, na qual ela NÃO TEM PROVAS CABAIS, bem como, laudos médicos, conversas gravadas, e fotos do ocorrido, ela terá que provar em juízo tudo o que me acusa...

O blog dela, obviamente  sofreu uma limpa, ela disse que iria embora, acabou não indo, enfim... uma loucura infinita! Me chamou de louca também e parece achar graça das dores passadas e sofrimentos meu e da minha família. Tratou uma situação despejo, super difícil, onde o meu pai se encontrava muito doente como se fosse um verdadeiro espetáculo de circo. Mas não a culpo, vai saber como contaram essa história a ela, não é mesmo? Quem tem boca, fala o  que quer.

Acha uma sujeira ao meu nome, um dia eu ter me consultado com uma médica pela internet a respeito da pilula do dia seguinte, que minha filha não entenderia nunca isso! Detalhe é que ela SEMPRE faz questão e se sente no direito de falar sobre a minha filha e definir como a mesma será com essa mãe tão miserável que ela acha que eu sou, só porque perguntei sobre pilula do dia seguinte com uma médica pela internet. Com que direito alguém pode julgar uma mãe, sendo que não tem um filho pra isso? Eu não julgo criação do filho de ninguém, cada um faz o que acha melhor pra si e pro seu filho em alguns momentos...

Tratou situações minhas, pessoais como se fosse da alçada dela e ela tivesse cacife pra me julgar ou me apontar o dedo.

O que eu estou querendo dizer com isso é o seguinte: O blog é dela, ela escreve o que quiser, tal como eu também! Quer falar de mim, fazer oposição a tudo que escrevo? Que seja! O que não pode é me caluniar, falar sobre coisas que não sabe, como se fosse a dona da verdade sobre a minha vida. Se realmente tem provas do que diz que eu fiz, do que falaram a ela que fiz, se sente-se a dona da justiça e me acha uma criminosa, por que não me denunciou ainda? Teve todo o tempo do mundo pra isso e só faz jogar ao vento as coisas.

Me mandou trocar de terapeuta também... Pra que, né? Tá mais fácil eu indica-la a essa pobre moça, vai ajudar muito a ela, que visivelmente precisa de ajuda, e rápido!!

Logo, o blog é dela e ela escreve o que achar que deve, sem que fira com a minha honra, tá tudo certo!!

Logo, deixo claro também, que esse post vai ficar aqui, porque eu não tenho por que apagar nada do que escrevo, referente a quem quer que seja. Afinal, estou rebatendo algumas acusações e ofensas oriundas de um blog sem futuro e sem sentido algum a não ser ferir a moral e a honra do próximo!

Desculpa a vocês meninas... Não queria de verdade envolver vocês nisso, mas parece que essa pobre moça espera por isso ansiosamente em casa!!

Beijos e até mais!!!


Emanuela

Nenhum comentário: