2 de mar de 2013

Deixe o passado no lugar dele... no passado!!!


Olá meninas queridas!!!

Ultimamente tenho vivido experiências muito importantes na minha vida. Com amigos, família, reencontrando pessoas super especiais e reafirmando velhas amizades. E cada dia mais vou me desprendendo de um passo próximo, um passado que me fez um mal absurdo, porém me ensinou coisas extremamente importantes, como por exemplo, que você não é responsável pela mudança de alguém e sim ela própria. Que não adianta você tentar salvar algo que não tem salvação e que quando um não quer, não existe nada que você faça que consiga salvar um relacionamento. 

Aprendi na dor? Aprendi, doeu muito, doeu de verdade, foi muito difícil superar e eu não tenho vergonha nenhuma de dizer, mas hoje, Deus me presenteou com algo tão maravilhoso, que talvez se eu não tivesse passado pelo que passei, eu não teria dado tanto valor ao que de tão bom me acontece hoje...

Esse é o ciclo, o ruim acontece para você se preparar para receber o melhor. Se você se fecha para as oportunidades, você estará deixando de viver a sua vida. E é ai que entra a lei do desapego. Se não deu certo, chore, sofra tudo que há para sofrer e deixe que se vá. Não encare isso como um fardo, porque uma hora irá ficar pesado demais para você. Jogue fora tudo que há de sentimento ruim em você, e guarde só o melhor. Faça uma faxina interna, assim como você costuma fazer no seu quarto, as regras são as mesmas. Coisas boas ficam, e as ruins vão para o lixo. Seja livre desse peso nas costas, porque você não precisa dele. Acredite nas pessoas, por mais difícil que seja, por mais que todos mintam para você. Esteja ciente que você deu o seu melhor, e se o outro não fez o mesmo, ai o problema não é seu. Esteja sempre aberta para novos sentimentos, assim você não corre o risco de deixar escapar a pessoa certa. O passado foi feito para nos ensinar e não para gente sair carregando por ai. Não guarde rancor e magoas. Aprenda a abrir e fechar ciclos e lembre-se: Limpe seu coração antes de permitir que o amor entre nele. Até o mais puro mel doce pode ficar azedo em um recipiente sujo.

Beijos de amor,

Manú.


Nenhum comentário: