29 de abr de 2011

Olá meninas!!!


Faz um tempão não é mesmo? Pois é... vão fazer dois meses que estou de volta a minha casa! Ainda nem deu tempo de ver todos que eu queria e nem de fazer todas as coisas que eu tenho vontade.
Esse tempo em Santa Catarina, foi super importante pra mim, aprendi principalmente a me defender de coisas e pessoas ruins, tenho certeza que estou muito mais forte e segura do que quero pra mim e pra minha vida.

Foram quatro meses muito felizes, em que, finalmente eu encontrei o meu equilíbrio pessoal, profissional e emocional. Praticamente casei minha gente! rsrsrsrs
Brincadeira, eu namorei bem sério por lá. Com o Leonardo! Infelizmente terminou quando voltei pra casa... Mas se vocês querem saber? Foi muito bom o tempo que durou e hoje, eu acredito que algumas pessoas entram em nossa vida pra nos ensinar ou mostrar algo e depois vão embora! Cumprem sua missão e partem. E foi assim com o Léo. Ele surgiu na minha vida, pra me mostrar a forma como eu devo ser realmente tratada e valorizada por um homem. Acreditem... depois do Léo, eu não to aceitando menos do que isso.

Foi uma relação muito forte e baseada principalmente na sinceridade! Gente, ainda existe gente sincera, honesta e leal nesse mundo! Ainda dá pra acreditar no melhor.
Muitas vezes eu me perguntei se o fato de Maria Luíza estar aqui em Salvador contribuiu pra relação ser um sucesso. Mas acredito eu que não... não por mim, mas pelo pessoa no qual eu estava entendem?

O importante mesmo, pra mim... é que essa pessoa eu vou levar pra sempre dentro do meu coração, em minhas orações e só posso desejar que ele encontre uma mulher tão maravilhosa pra ele quanto ele é, ele merece demais.
Mas agora, estou de volta pra minha casa. Num ritmo mais lento, sem pressa nenhuma, dessa maneira voltei a uma antiga relação. Não sei no que vai dar... da última vez foi um desastre colossal. Agora, a minha cabeça é outra, espero que a dele também, ao que me parece, sim!
Ah os 30 anos! Sempre traz alguns efeitos, sejam eles bons ou ruins para as pessoas. Nele, tem feito um super efeito!! rsrs

Enquanto estive em Santa Catarina, as relações entre meus pais e a familia do pai da minha filha ficaram meio estranhas! É muito complicado viu? É complicado quando a gente vê claramente uma pessoa sendo influenciada por outra que nada tem a ver com a questão em si. O que tem faltado nisso tudo, é uma postura mais firme do pai da minha filha. Entende-se: Uma opinião própria!!
Mas o que esperar de uma pessoa assim? Não dá pra esperar muito mesmo não. O engraçado é que a coragem só é de longe. Eu estou em casa vai fazer dois meses e ele nunca me procurou pra conversarmos sobre o que aconteceu. E nem vai, coragem mesmo, só de longe, como eu já tinha dito na última frase.

Minha cabeça, eu deito tranquila no travesseiro, sei que faço a minha parte e que construí uma relação forte e inquebrável com a minha filha. E se pudesse mesmo contar com ele, como dizem por aí, não teria escolhido ficar quatro meses longe dela, não é mesmo???

Bem menina, estou de volta... Vou tentar atualizar mais o blog o tempo que estou ficando em casa. Espero que estejam todas muito bem... me mandem notícia de vocês!!!

Saudades sempre,

Manu!

Nenhum comentário: